PASTORAL DA COMUNICAÇÃO (PASCOM)

Coordenação

Paulo Silva
Natã da Ponte

Equipe

Guilherme Cavalcante, Denis Romão, Anna Tereza Carlos, Juliana Lavor, Sandra Vasconcelos, João Carlos Mariano, Márcio Nascimento, Guilherme Liberato, Guilherme Ermano, Analice Falci, Ana Beatriz Carlos, Antônio Márcio, Letícia Araújo, Jardim Neto, Gael, Juliano, Cauã, Kildery, Lylian, Sarah

PASCOM: A Pastoral da Comunicação

Missa de envio da Pastoral da Comunicação, 3 de dezembro de 2023.

A Pastoral da Comunicação (PASCOM) deve ser o eixo transversal de todas as pastorais da Igreja. Com isso, o trabalho da PASCOM não deve ser reduzido à assessoria de comunicação.

Cronologia da PASCOM na Igreja Católica:

  • Pedra fundamental: carta encíclica Miranda Prorsus (Os maravilhosos progressos), escrita pelo papa Pio XII (1957), voltando o olhar para o rádio, televisão e cinema como possibilidades para a Igreja;
  • Inter Mirifica: primeiro documento da Igreja que trata sobre os meios de comunicação social (Concílio Vaticano II, 1964).
  • Brasil: o primeiro documento publicado sobre o tema é o 59, da CNBB (“Igreja e Comunicação rumo ao Novo Milênio”), fruto da Assembléia Geral dos Bispos do Brasil (1997, São Paulo).
  • Março de 2014: Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil (Documento 99 da CNBB);
  • Guia de Implantação da PASCOM (CNBB, 2018);

Frentes de trabalho para atuação da PASCOM

  1. Colocar-se a serviço de todas as pastorais para dinamizar suas ações comunicativas;
  2. Promover o diálogo e a comunhão das diversas pastorais;
  3. Capacitar os agentes de todas as pastorais na área da comunicação, especialmente a catequese e a liturgia;
  4. Favorecer o diálogo entre a Igreja e os meios de comunicação, para dar maior visibilidade à sua ação evangelizadora;
  5. Envolver os profissionais e pesquisadores da comunicação nas reflexões da Igreja, para colaborar no aprofundamento e atualização dos processos comunicativos;
  6. Desenvolver as áreas da comunicação, como a imprensa, a publicidade e as relações públicas nos locais onde não existem profissionais especificamente designados;

Os EIXOS da PASCOM

  1. FORMAÇÃO: a PASCOM deve estar alinhada à propagação da palavra de Deus. O desenvolvimento e engajamento de líderes e agentes pastorais é crucial para que os mesmos desenvolvam e executem projetos teoricamente embasados, tecnicamente atualizados e eticamente comprometidos. É dever da Pascom promover os treinamentos e aprimoramentos para os membros de todas as outras Pastorais.
  2. ARTICULAÇÃO: animar e envolver os agentes pastorais e comunidade em geral para que conheçam e se comprometam com ações concretas e integradas com os processos e meios de comunicação para o anúncio da Boa-Nova de Jesus Cristo: Assessoria de imprensa, relacionamento com os fiéis nas redes sociais, promoção de eventos e grupos voltados à vida cristã.
  3. PRODUÇÃO: Levar a palavra bíblica para o maior número de pessoas possível, trazendo assim fé e consolo através dos ensinamentos de Cristo é dever de toda PASCOM. Meios: redes sociais, revistas, folhetos, jornais, vídeos, sites e diversas outras fontes de informação. É importante que a PASCOM sempre procure produzir conteúdos relevantes e os propague para toda a comunidade.
  4. ESPIRITUALIDADE: mais importante eixo. Sem a prática e vivência da espiritualidade, o comunicador esvazia-se, fragiliza-se como ser humano e  se torna vulnerável às dificuldades que se apresentam ao longo do caminho. O cuidado com a vida pastoral não deve ser momentâneo ou casual. Deve-se espiritualizar todas as atividades em grupo e individuais. Viver a mística da comunicação do Evangelho no dia a dia, entendê-lo e desta forma propagá-lo.

Ações realizadas pela PASCOM da Paróquia Santa Luzia

  • Redes sociais: Instagram, Facebook;
  • YouTube (transmissões da missa dominical noturna e missas especiais);
  • Site (www.santaluziasobral.com);
  • Telão interno (músicas, orações);
  • Telão externo nas missas dominicais noturnas e missas especiais;
  • Produção de materiais para os eventos da paróquia, grupos e pastorais (folder, cartaz, imagens para divulgação nas redes sociais e grupos de WhatsApp).